Sobre Nós | Entre em Contato | Cadastre sua Pousada/Hotel/Hostel
Praia do Gravatá, um refúgio escondido entre duas das mais badaladas praias de Florianópolis | Destino Florianópolis
Booking.com

Praia do Gravatá, um refúgio escondido entre duas das mais badaladas praias de Florianópolis

Publicado por Júnior Silva em: 24/08/2016 | Categoria: Curtindo Floripa

Praia do Gravatá

Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus

A curta faixa de areia da Praia do Gravatá, usa o costão que separa as baladas Joaquina e Mole como uma espécie de “disfarce”, ficando assim visível somente aos olhos mais atentos. A praia é 100% preservada, e no local há apenas uma casinha de madeira, que na verdade é um rancho utilizado por pescadores da região.

 

O mar é transparente e calmo, sem grandes ondulações, pois está protegido do vento. Mas, como quase tudo na vida, existe um preço para se chegar a este paraíso…

 

Veja também: Trilha para Lagoinha do Leste.



Trilha para a praia do Gravatá. Vamos caminhar?

 

Não se espante caso encontre um simpático cavalo na trilha

Não se espante caso encontre um simpático cavalo na trilha

 

Sim, para chegar ao local, você vai precisar deixar um pouco a preguiça de lado e caminhar um pouquinho em meio a mata fechada.

 

O início da trilha se dá na estrada geral da Barra da Lagoa, na altura da antiga boate Latitude 27. Há uma placa demarcando com precisão o local, portanto certamente você não irá se perder. 🙂

 

É claro que ele também costuma se refrescar no mar

É claro que ele também costuma se refrescar no mar…

 

Algumas informações importantes:

 

Nível de dificuldade: fácil.

Atrativos: lontras, vista panorâmica, praia, Mata Atlântica.

Tempo: 30min.

Início: Estrada Geral da Barra da Lagoa, entrando na trilha da Parapente Sul.

Fim: Ponta do Gravatá.

Principal dificuldade: Entrada da trilha coberta por mato.

Como chegar: Ir até a trilha para Rampa de Parapente.

 

#



É, pessoal, algumas das mais lindas praias de Florianópolis exigem um esforcinho extra de seus visitantes. Mas vale a pena, com certeza. 🙂

 

IMPORTANTE: Não deixe lixo na praia ou na trilha, é sério, precisamos preservar paraísos como este.



Comentários:

comments