Sobre Nós | Entre em Contato | Cadastre sua Pousada/Hotel/Hostel
Passeio de lancha express para a Ilha do Campeche | Destino Florianópolis

Passeio de lancha express para a Ilha do Campeche

Publicado por Júnior Silva em: 22/01/2018 | Categoria: Curtindo Floripa



Compartilhe
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus

A Ilha do Campeche é um dos lugares mais lindos de Florianópolis, e por se tratar de uma ilha tombada pelo Patrimônio Histórico e Paisagístico, é permitido o acesso de somente 800 pessoas por dia. Mas não se preocupe, no nosso passeio você não acessará a ilha, pois ancoramos a cerca de 50 metros da praia, e você poderá mergulhar a vontade em suas água cristalinas.

 

Roteiro do passeio

 

25626290_1801324336833695_4538107516580047646_o

Parada para mergulho a cerca de 50 metros da Ilha do Campeche

 

Saída da Barra da Lagoa, vista panorâmica da Ilha do Xavier, Praia da Galheta, Mole, Joaquina, Campeche, e parada de 30 minutos para banho a 50 metros da Ilha do Campeche (não descemos na ilha).

 

Valor do passeio*: R$ 60,00 por pessoa.

Sendo: Taxa de Reserva antecipada de R$10,00 por pessoa via Pagseguro, e o restante no valor de R$50,00 (dinheiro ou cartão de crédito) por pessoa pagos no embarque para o passeio.

Saídas: Barra da Lagoa, às 10:30, 13:00, 15:00 e 17:00. Você escolhe o horário melhor para você.

Tempo aproximado do passeio: cerca de uma hora e trinta minutos.

*Criança de até 6 anos acompanhada de adulto não paga.

 

 

Reserve seu passeio:

 

Seu nome (obrigatório)


Seu e-mail (obrigatório)


Seu telefone


Data do Passeio


Quantidade de pessoas


Informações adicionais


 

Mais sobre a Ilha do Campeche:

 

:: Boa comida, trilhas e sítios arqueológicos

Mar Caribenho da Ilha do Campeche Mar Caribenho da Ilha do Campeche

 

Além da praia de águas caribenhas e areia branquinha, quem visita a ilha ainda pode desfrutar de boa comida, trilhas terrestres e aquáticas e sítios arqueológicos:

 

Comida: existem somente um restaurante na ilha, a comida é muito boa e o preço não é dos mais caros não.

 

Trilhas: as trilhas, tanto terrestres, quanto aquáticas, são monitoradas pelos guias da ilha e o valor cobrado é “simbólico”. Portanto, não aventure-se sozinho mata a dentro para explorar a vegetação, isto é PROIBIDO, uma vez que a ilha foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan no ano de 2000 como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional.



Sítios arqueológicos: Segundo pesquisas arqueológicas, o local possui sozinho mais inscrições rupestres que a Ilha de Santa Catarina, a Ilha do Arvoredo e a Ilha das Aranhas, todas juntas. Entre os sinais deixados pelos povos antigos estão símbolos geométricos, flechas, zoomorfos, antropomorfos e as máscaras, também encontradas nos costões da Praia do Santinho. (Fonte: Guia Floripa)

 

 

Sara e Val testando a transparência da água

 

O lugar é paradisíaco



É, Val, em Campinas-SP não tem disso rs

 

Hora de ir embora... coisa triste :(

 



Comentários:

comments